Em matéria do que se chamou "Acordo Ortográfico", sou contra. Absolutamente contra. Nem morto de morte matada ou morrida.



Bilhostre

Veja-se o que é a potência de uma língua que permite a Manuel Teixeira Gomes - exilado Presidente convertido, enfim à escrita - numa carta escrita a João de Barros dizer que havia chegado enfim o momento de descrever o que tinha sido a sua vida pela sua pena «matéria preferível à que dariam os perfis dos canalhas, bilhostres e malandrins, com quem tive de me haver no decurso desta minha já tão longa e acidentada vida».
Dois anos inquilino forçado no Palácio de Belém, vindo da Embaixada em Londres, referia-se aliás a esse período como o do «extenso lodaçal».
Guardem-se, pois, as palavras, como pedras, para uma primeira necessidade em caso de aperto!